top of page

Blog

Leia nosso blog e acompanhe nossos trabalhos e saiba mais sobre SIPAT Online, Cursos NR Online e muito mais.

Diabetes | Mini palestra gratuita | SIPAT Online

Para entender um pouco melhor, a palavra diabetes vem do grego e significa sifão ou ralo, como aquele que temos no chão dos nossos banheiros.


Diabetes | Mini palestra gratuita | SIPAT Online

Olá, seja bem vindo e obrigado por estar aqui. Nessa mini palestra, temos um tema muito importante, a diabetes, que é a famosa doença do açúcar. Você vai ver nesse vídeo o que é a diabetes, quais são os fatores de risco que contribuem para o adoecimento, e quais as formas de prevenção e tratamento.


Para entender um pouco melhor, a palavra diabetes vem do grego e significa sifão ou ralo, como aquele que temos no chão dos nossos banheiros. Isso porque entre os sintomas da doença, temos a fome constante e o cansaço, daí a referência a ir pelo ralo, pois você comia muito, mas não tinha energia.


Centenas de anos mais tarde, os médicos começaram a incluir o termo mellitus, do latim e que é bem sugestivo e é traduzido como mel ou adocicado. Esse termo adocicado veio na forma dos primeiros exames, onde os médicos provaram a urina dos pacientes com sintomas associados e a urina era adocicada.


A diabetes é uma doença causada pela produção insuficiente ou baixa absorção da insulina, que um hormonio responsavel por regular a glicose no sangue. A insulina é produzida pelo pancreas e ela faz a quebra das moleculas de glicose para as transformar em energia usada para a manutenção do nosso corpo.



Popularmente conhecida como um açucar, a glicose é um carboidrato e é a principal fonte de energia para nossas celulas, portanto para nosso corpo. Quando não conseguimos quebrar a glicose, a quantidade de "açucar" no sangue se eleva, acarretando vários problemas de saúde.


Para saber se o seu nível de glicose no sangue está dentro de padrões saudáveis, é feito um exame chamado de glicemia. Além de fome constante e cansaço como já dissemos, o excesso de açucar no sangue traz sede constante e frequente vontade de urinar.


Dependendo do tipo de diabetes, podemos ter perda de peso, dificuldade de cicratização, formigamento de pés e mãos, visão embaçada, nauseas e vomitos. Estão inclusos ainda infecções frequentes na bexiga, rins, pele e infecções de pele, mudanças de humor.


Além de tudo, o diabetes é fator de risco para doenças do coração, podendo causar também amputações devido ao baixo fluxo de sangue para os pés. Em casos mais graves, além das auterações de humor, temos quadros de ansiedade, depressão e até mesmo a morte.


Entre as melhores, mais comuns e mais conhecidas formas de prevenção, temos um roteiro já bem conhecido que evita essa e outras tantas doenças. Praticar uma alimentação mais equilibrada e natural, reduzindo sal, açucar e gorduras, preferências por vegetais e manter o peso corporal regulado.


Nesses hábitos de consumo estão inclusas também recomendações para evitar qualquer tipo de droga como álcool e cigarro. Praticar exercícios físicos regularmente, pelo menos 30 minutos todos os dias, é outra grande fator de proteção contra o diabetes.



Essas iniciativas nos ajudam a prevenir essa e outras doenças, mas se você já foi diagnosticado com diabates, elas também fazem parte do tratamento. O tratamento envolve injeções diárias de insulina e outros medicamentos via oral, isso para a grande maioria dos casos que a diabetes tipo 1.


O diagnóstico começa pela observação de sintomas relacionados, então você procura o médico e que pode ser a partir do posto de saúde próximo da sua casa. Tanto o diagnóstico como o tratamento da diabetes podem ser feitos pelos SUS, então vale a pena manter a regularidade e agenda com o postinho.


Assim como para outras doenças, quanto antes diagnosticada e tratada a diabetes, melhores e mais rápidos serão os resultados desse tratamento. Cuidemos de nossa saúde, nos previnamos, mas saibamos que é possível contornar a doença e viver com qualidade seguindo as recomendações básicas.


Obrigado por nos assitir e até mais ver!

189 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page