top of page

Blog

Leia nosso blog e acompanhe nossos trabalhos e saiba mais sobre SIPAT Online, Cursos NR Online e muito mais.

Saúde mental | Mini palestra gratuita | SIPAT Online

Nesse grupo, falamos, por exemplo, de ansiedade, depressão e estresse para citar os mais comuns e conhecidos, mas a lista é bem maior do que isso.


Olá, seja bem-vindo e obrigado por estar aqui. Nessa mini palestra, falaremos de um assunto atual e importantíssimo, falaremos de nossa saúde mental. É um assunto atual porque as rotinas, as relações, as perspectivas têm sido cada vez mais difícieis de conciliar com a realidade e nossas limitações. É importantíssimo porque o nosso equilíbrio emocional e capacidade em lidar bem com adversidades impactam em nossa qualidade de vida e produtividade.


Já dizia o ditado popular que tendo saúde do resto a gente corre atrás e isso é verdadeiro e vale também para nossa saúde psicológica e emocional. Consideremos especialmente que nossa saúde mental influencia diretamente nossa saúde e disposição física, mas o inverso também é verdadeiro. Embora nosso foco nessa apresentação seja saúde mental, quando falamos em saúde, estamos sempre falando de um pacote, está tudo sempre ligado.


Quando falamos em transtornos mentais, a palavra transtorno significa desorganização, ou desquilibrío, tirar da ordem natural, perturbar. Nesse grupo, falamos, por exemplo, de ansiedade, depressão e estresse para citar os mais comuns e conhecidos, mas a lista é bem maior do que isso. Ainda fazem parte da lista, dando mais alguns exemplos, transtornos alimentares, compulsivos, bipolaridade, esquizofrenia, de personalidade e fobias. Estão inclusas ainda os transtornos por dependência química como os amplamente conhecidos alcoolismo e tabagismo, conhecidos de longa data.


Naturalmente, não existe uma fórmula mágica para evitarmos ou tratarmos esses males todos, pois são tantos os tipos quanto a especificidade do tratamento. Porém, existem fatores comuns de risco a serem evitados e fatores protetivos que precisam ser desenvolvidos e colocados em prática diariamente. Comecemos por evitar fatores de risco como bebidas alcoólicas e cigarro, pois além da dependência em si, eles estão ligados a outros transtornos também.


Alimentação natural e equilibrada sempre ajuda e é um fator protetivo, assim como a manutenção de uma rotina de atividade física regular. A combinação desses dois fatores protetivos nos mantém longe da obesidade e do sedentarismo, dois grandes vilões do bem-estar em nosso século. Nesse pacotão já bem conhecido, entram ainda boas opções de descanso e de lazer. Cada um com suas opções e preferências, o importante manter o bom hábito.


O conhecimento popular também nos ensina que cabeça vazia é oficina do diabo, então precisamos encher nossas mentes com opções de qualidade e saudáveis. Assim, precisamos reduzir ao mínimo nossa utilização de redes sociais e ou jogos eletrônicos, ambos fatores de risco para transtornos mentais. No sentido oposto, o contato direto, a interação com frequente com familiares, amigos, nas atividades diárias e recreativas, é um fator protetivo. Precisamos ser mais criteriosos também com outros conteúdos de TV, rádio ou impressos e evitarmos conteúdos populistas e de formação de massa.


É necessário também trazer nossas perspectivas e sonhos e desejos para a realidade e desacreditar a propaganda do rápido e fácil. Isso nos poupa frustrações. A ajuda começa em casa, com a família, pode ser um amigo também, pode ser uma conversa, um desabafo. Esse suporte é necessário para todos os casos. Falando em hábitos, falamos também em estilo de vida, falamos em fazer melhores escolhas, escolhas por rotinas melhores, mais leves e mais saudáveis.


Em casos mais graves não se trata apenas de escolhas, e então é preciso tratamento médico e quanto antes começarmos, melhores serão os resultados. Frequentemente, nós negamos a nós mesmos essa oportunidade, não aceitamos, ignoramos o problema, mas com o tempo e essa atitude, o problema pode piorar.


Assim finalizamos dizendo, trabalhemos nossas escolhas, forteleçamos nossa mente, seja mais conscientes e peçamos ajuda quando necessário. Obrigado por nos assistir e até a próxima!!

242 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page