top of page

Blog

Leia nosso blog e acompanhe nossos trabalhos e saiba mais sobre SIPAT Online, Cursos NR Online e muito mais.

Primeiros socorros - Análise da vítima

Conheça alguns procedimentos básicos para determinar as condições da vítima e orientar seu atendimento

curso primeiros socorros online, seguranca no trabalho,

Primeiros socorros - Análise da vítima

É avaliar as condições da vítima ou vítimas daquele acidente. É a partir dessa análise que você vai decidir o que vai fazer, se vai chamar a emergência ou conduzir ao hospital. É também a partir dessa avaliação que você vai decidir quais das vítimas atender primeiro, começando pela mais grave.





Nível de consciência


A primeira coisa a determinar é se a pessoa está ou não consciente. Uma pessoa consciente pode indicar, em primeiro momento, um acidente menos grave. Uma pessoa inconsciente, desmaiada, por exemplo, não necessariamente indica um acidente mais grave ou emergência. Vejamos as etapas básicas para determinar o nível de consciência.


1. Alerta

Você verifica ou nível de atenção ou de alerta da pessoa, observando se ela fala, mexe os olhos, faz gestos ou geme sentindo dor, por exemplo.


2. Verbal

Se não houver sinais na etapa anterior, tente conversar com a pessoa, chamando, pergunta se ela ouve você, pedindo para responder suas perguntas, tente manter um diálogo durante todo o atendimento de emergência.



3. Doloroso

Se não houver sinais nas etapas anteriores, dê um beliscão no braço da pessoa e perceba se ela contrai o braço nesse momento ou esboça uma cara de dor, ao mesmo tempo que tenta estimular conversando com ela.


4. Inconsciente

Se não houver sinais nas etapas anteriores, a pessoa está inconsciente e, portanto, sua atenção deve se voltar aos sinais vitais da vítima.



Sinais vitais


A pior situação em que uma vítima pode se encontrar é com o coração e respiração parados, cuja resposta deve ser a reanimação cardiopulmonar. Sabendo que é possível ter primeiro um depois o outro, ou logo em seguida do outro, ou ambos ao mesmo momento. Portanto, os sinais vitais mais essenciais de monitorar são:


- Respiração regular

Monitore a ausência de respiração ou ainda respiração irregular e ou insuficiente. Em média, uma pessoa respira 15 vezes por minuto. Observe os movimentos do tórax, ou ainda sinta com os dedos o ar entrando e saindo do nariz ou ainda ouça aproximando seu ouvido do nariz da pessoa.



- Batimento cardíaco regular

Monitore a ausência de batimento cardíaco ou ainda batimentos irregulares e ou insuficientes. Em média, o coração bate 80 vezes por minuto. Observe o pulso, de preferência o esquerdo, sentindo com as pontas do seu dedo indicador e dedo maior, ou ainda encoste seu ouvido no peito da pessoa em cima do coração, no centro da caixa torácica, ou do lado esquerdo para onde sai a artéria aorta.





Autor

Sandro Luiz Barth

Técnico de Segurança no Trabalho

502 visualizações0 comentário

Commentaires

Noté 0 étoile sur 5.
Pas encore de note

Ajouter une note
bottom of page